Schnee-chaos: resgate de carros enterrados pela neve

Nas últimas horas tornaram-se virais vários vídeos de carros a sair das profundezas da neve. Áustria e Alemanha estão há cerca de 15 dias imersas no ‘evento do século’.

Alfredo Graça Alfredo Graça 15 Jan. 2019 - 08:07 UTC

Depois de algumas semanas de ambiente gélido e nevões extraordinários, hoje a tranquilidade meteorológica voltou a países como a Alemanha ou a Áustria. O céu mostra-se pacífico, mas muitas estradas e cidades ainda estão soterradas pela neve, que em algumas áreas chega a dois metros de espessura. Continua de pé o batizado 'schnee-caos' (caos pela neve) ou 'evento do século'.

Casas e carros perdem-se por entre a neve, e muitos sucumbem ao peso. Alguns telhados suportam várias toneladas de neve, por isso, há vários dias, recomenda-se limpar os telhados entre as medidas de segurança máxima. Acidentes, avalanches e vento já provocaram pelo menos 26 mortes na Europa. A situação mais crítica está a ser vivida nos estados austríacos de Tirol e Salzburgo. Há vários dias que foi ativado o nível mais alto de alerta (5) para neve e avalanches e assim continua. Ontem, cerca de 17 mil pessoas ainda estavam incomunicáveis. Hoje, as estradas estão a ficar transitáveis.

De acordo com o jornal alemão Bild, o responsável oficial dos desastres na Áustria, Michael Schickhofer, considera que esta operação é "a mais intensiva desde Chernobyl". As autoridades austríacas e alemãs terão um par de dias para restabelecer a normalidade nas áreas afetadas pela queda de neve recorde. Ao longo de quinta-feira uma massa de ar polar irá espalhar-se pela Europa, causando nevões intensos e extensos.

Publicidade