A importância de saber distinguir entre altura e altitude

Depois do temporal de neve que houve em Espanha por causa da tempestade Gloria, é importante recordar a diferença entre dois conceitos que muita gente confunde: altura e altitude.

Marc Redondo Marc Redondo Alfredo Graça 28 Jan. 2020 - 18:17 UTC
Homem cume de uma montanha
Altura e altitude são dois conceitos muito distintos que não deveriam ser confundidos.

No mundo da meteorologia existem alguns conceitos que podem ser confundidos comummente. Um exemplo é o de ar e vento. Há muitas pessoas que se queixam do ar que sopra, quando na realidade, deveriam dizer o vento. A maioria costuma ignorar o erro, mas deve-se fazer um uso correcto da língua.

Com a altura e a altitude acontece o mesmo. São duas coisas muito diferentes. A altura é a distância vertical de um corpo até à superfície terrestre ou solo, enquanto que a altitude é a distância vertical até ao nível do mar. Como vemos, são duas coisas muito distintas. Assim, uma pessoa sempre mede em centímetros a sua altura relativamente ao solo, mas a altitude a que se encontra será a distância vertical até ao nível do mar.

Em aviação, esta confusão poderia dar lugar a graves acidentes. Felizmente, o nome que cada termo possui em inglês é muito distinto um do outro. Se nós temos altura e altitude, eles têm height e altitude. Ajuda um pouco.

A grande referência do nível do mar

O termo altitude assume como referência o nível do mar. Neste ponto surge um enorme dilema: o mar não está sempre na mesma posição. As marés fazem com que, em cada momento do dia, a distância desde a sua superfície até onde nós estamos varie. E fá-lo de forma mais significativa no Atlântico que no Mediterrâneo. Como se soluciona isto?

Na realidade, quando se fala de altitude, assume-se um ponto fixo do nível do mar. Mas não se faz daquele na costa mais próxima. Cada país tem um ponto nas suas áreas costeiras que é tomado como referência e que será o seu nível médio do mar. No caso de Espanha, é Alicante e no de Portugal é Cascais. Desta forma, um excursionista que esteja nos Picos de Europa, terá a sua altitude relativamente ao nível do mar, não do Cantábrico, mas sim da costa de Alicante.

Este facto tampouco deveria preocupar-nos. Ao fim e ao cabo, o conceito de altitude é algo inventado pelo ser humano. Poderia ter sido assim, assumindo como referência o nível do mar, como ter sido o núcleo terrestre a referência. O importante é que todos, ao falar de altitude, saibamos a que nos referimos, e não ocorra como essa sonda da NASA que caiu por confundir milhas e quilómetros.

A cota de neve é altura ou altitude?

Quando os meteorologistas falam da cota de neve, fazem sempre referência à altitude a partir da qual podemos ver neve a cair do céu, não a altura. É certo que o apresentador do tempo nunca diz altitude, fica sempre pelos metros, mas acredita no conhecimento do espectador.

Se a cota de neve fosse em altura, teríamos um problema porque cada pessoa, dependendo do ponto no qual se encontrasse do território, teria a cota de neve a uma altura distinta.

Publicidade