Espanha: 'Gota fria' provocou aguaceiros, queda de granizo e tornados!

A Depressão Isolada em Níveis Altos que está a atravessar a Península Ibérica deixa-nos imagens impressionantes, com quedas de granizo intensas e inclusive tornados. Para hoje a situação mais adversa antecipa-se na vertente do Mediterrâneo.

Samuel Biener Samuel Biener Alfredo Graça 27 Ago. 2019 - 08:23 UTC

A gota fria ou DINA que atravessa neste momento a Península Ibérica não está a dececionar por agora. Nas últimas horas a situação foi bastante complicada em muitas áreas do interior e do oeste peninsular, com aguaceiros muito intensos que provocaram problemas (com mais de 40 mm em pouco tempo em algumas povoações do interior), granizo (em alguns casos com diâmetro superior a 2 centímetros) e fortes rajadas de vento associadas às tempestades.

No entanto, as imagens mais espetaculares de segunda-feira chegaram através das províncias de Málaga e Sevilha, onde se formaram vários tornados. No caso da localidade malaguenha de Campillos, poderão ter tocado no solo até dois 'funis' (de tornados). Aparentemente não provocaram demasiados danos materiais, e pelos vistos não eram de origem supercelular. Sem dúvida, umas imagens bastante impressionantes. Mas a Depressão Isolada em Níveis Altos ainda não disse a sua última palavra.

Durante a noite que passou e também nas próximas horas a depressão em altura vai deslocar-se até ao Mediterrâneo, onde esperamos a situação mais complicada, com chuvas e tempestades que poderão ser localmente muito fortes e deixar acumulados de até 40 l/m2 numa hora e 80-100 em 12. Conforme vá decorrendo terça-feira, a instabilidade chegará também às Baleares, e já durante quarta-feira somente restará algum aguaceiro residual. Um episódio breve mas muito intenso para despedirmo-nos de um verão climatológico muito peculiar quer em Espanha quer em Portugal.

Publicidade