O tempo na Semana Santa: frio e instável?

Falta menos de uma semana para o início da Semana Santa e os modelos de previsão começam a mostrar com maior precisão o tempo que poderá estar na Páscoa. Aqui estão as últimas novidades!

Páscoa Consulta o nosso especial Tempo na Páscoa
A Semana Santa viverá fases distintas em Portugal. O que nos dizem os modelos de previsão?

Nas nossas últimas análises, pudemos verificar que o tempo na Semana Santa varia imenso, desde dias de calor imenso dignos de idas à praia, até lufadas de ar árctico que nos convidam a praticar Ski na Serra da Estrela. Associado à instabilidade primaveril, em que o ar sobe e desce muito rapidamente vão alternando dias tropicais com outros de um frio autenticamente polar. Neste momento, atendendo ao que os principais modelos de previsão estão a mostrar, parece que teremos alguma sorte – deverá estar mais sol do que nuvens ainda que o ar frio predomine.

Semana Santa 2018: De gorro e casaco?

O modelo do Centro Europeu de Previsão (ECMWF) prevê chuva abaixo dos valores ditos normais de precipitação em grande parte do território nacional. As únicas anomalias negativas observadas prendem-se com a precipitação, onde em praticamente toda a extensão da Região Norte bem como uma pequena parte da Região Centro, deverá chover significativamente, ainda que abaixo dos valores médios dos modelo. A suceder-se será apenas nos últimos dias da Semana Santa.

Os mapas contam-nos que os distritos de Viana do Castelo, Braga, Viseu e Leiria serão particularmente afetados pela chuva e além disso, há alguma probabilidade de se desenvolverem trovoadas.

As temperaturas previstas para a Semana Santa não se desviam dos padrões habituais típicos desta época do ano. Ainda que o ar frio predomine na maioria das cidades portuguesas, como na Guarda, ou mais a norte, em Vila Flor, este faz parte da típica instabilidade da estação do ano que agora iniciamos.

O modelo norte-americano suporta a previsão

O GFS prevê um anticiclone dos Açores potente, com tempestades de neve e chuva a circular por França rumo ao centro do Mediterrâneo, carregado de massas de ar frio polar. Assim, tal como o modelo ECMWF, prevê uma anomalia positiva para a chuva no Norte Português ao entrarmos no fim-de-semana da Páscoa e anomalias nulas ou negativas para os restantes territórios do país. As temperaturas estarão dentro dos valores de referência para aquilo que apelidamos de Primavera.

Parece que vai chover a partir da Sexta-feira Santa. Uma Páscoa chuvosa?

Por cidades

Em cidades do litoral norte como Caminha, Esposende e Porto prevê-se precipitação em quantidades razoáveis no final da Semana Santa, ou seja, uma Páscoa dotada de alguma pluviosidade. Em cidades do interior, como no Norte em Mogadouro ou como no Sul em Vila Viçosa, a chuva vai precipitar em menor volume. À medida que nos deslocamos para Sul, torna-se visível nos mapas a probabilidade praticamente nula de ocorrência de precipitação em cidades como Lisboa e Faro. Assim, as procissões religiosas alusivas ao tempo festivo que se vai viver em Portugal estarão livres de problemas.

Se nunca visitou as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, terá na próxima semana uma bela oportunidade para o fazer. Para além de temperaturas superiores às de Portugal Continental, apresentando mínimas de 14ºC, as cidades de Ponta Delgada e Funchal vão estar totalmente livres de chuva! Ainda assim, até lá, tudo pode mudar!