Espanha e França: chuvas torrenciais fazem 1 morto e 4 desaparecidos

As chuvas torrenciais das últimas 48 horas em Espanha e França provocaram inúmeros estragos na Catalunha, Ilhas Baleares e sudeste francês. Quatro pessoas estão desaparecidas e um homem foi encontrado sem vida. As imagens são impressionantes!

Alfredo Graça Alfredo Graça 24 Out. 2019 - 10:09 UTC

A Catalunha, o arquipélago das Baleares e o sudeste de França registaram chuvas torrenciais que converteram as ruas em autênticos rios com correntes fortíssimas, provocando inúmeros danos materiais e, lamentavelmente, também pessoais. Pelo menos quatro pessoas continuam desaparecidas e, ontem de manhã, o corpo inerte de um homem foi localizado na praia de Caldes d'Estrac, na cidade de Arenys de Mar, perto de Barcelona, segundo a Proteção Civil Espanhola.

As autoridades espanholas avisaram para os cuidados redobrados que os cidadãos teriam de ter na província de Girona, Barcelona e Tarragona. Na costa da Argélia, formaram-se tempestades intensas que se deslocaram vertiginosamente em direção à Catalunha, depois de provocarem o caos nas Ilhas Baleares.

Ao anoitecer de terça-feira, o tempo altamente instável alcançou Tarragona, a sul de Barcelona, onde já chovia há várias horas, prolongando-se pelo dia de quarta-feira. Esta província acumulou a maior quantidade de chuva. O Observatório Prades, na região do Baix Camp, registou 266 mm e mais da metade precipitou no dia 22 em apenas três horas e meia. Posteriormente, a tempestade espalhou-se por Barcelona e Girona, acumulando valores superiores a 100 mm.

No sudeste de França, várias estradas na costa do Mediterrâneo foram cortadas e geraram-se inundações assombrosas em algumas regiões, devido à potente tempestade que abalou a região. A cidade de Béziers contou com inúmeros estragos por força das chuvadas torrenciais. Só na noite de terça-feira choveu a quantidade equivalente a um mês.

Publicidade