Tempo arrefece esta semana trazendo chuva e muito vento

A primeira semana de novembro não muda muito em relação às anteriores. A chuva e o vento forte continuam, esperando-se agravamento do estado do tempo que vai arrefecer. Confira aqui onde fará mais frio e quando choverá mais!

Alfredo Graça Alfredo Graça 04 Nov. 2019 - 15:13 UTC


A semana arranca com chuva e frio de norte a sul do país, até quando? Use guarda-chuva, casaco e cachecol.

O tempo fresco e molhado continua a persistir em Portugal continental numa altura em que o outono já vai bem avançado. As folhas das árvores caem com cada vez maior frequência e intensidade, pintando os solos húmidos com mosaicos em tons de vermelho, laranja, amarelo e castanho.

O padrão climático tipicamente outonal já se instalou definitivamente em Portugal, evidenciando-se a persistência das chuvas que têm precipitado com alguma abundância pelo menos de há duas semanas atrás até agora, o frio injetado devido à migração do anticiclone dos Açores para latitudes mais a sul e à chegada de massas de ar polar marítimas oriundas de norte devido ao jet stream e à circulação zonal, o vento moderado , por vezes forte, com rajadas máximas de 70 a 90 km/h em alguns dias, seja de quadrante Norte, Oeste ou Sul e a densa nebulosidade que compôs o panorama meteorológico da última semana (em pleno semana de Halloween e Dia de Todos os Santos), surgindo também no início desta.

Hoje o tempo não se alterou, predominando as linhas ativas de instabilidade atmosférica provocadas pelo surgimento de sistemas de perturbação frontal gerados pelas sucessivas depressões que afetam as Ilhas Britânicas e que estão a Oeste/noroeste do nosso território continental. As baixas pressões deixam assim céu muito nublado, chuva fraca nas regiões Norte e Centro, com maior intensidade no litoral ao surgir pontualmente moderada. Na região Sul, quer Alentejo, quer Algarve, terão precipitação suave mas será consideravelmente reduzida e terá um período de curta duração. O vento soprará moderado de Oeste com rajadas até aos 55 km/h. A temperatura máxima registou uma ligeira descida.

O frio chegou

O modelo ECMWF estima que amanhã teremos um dia semelhante, com algumas abertas a partir da tarde. A chuva continuará a surgir em várias localidades numa extensão Noroeste-Sudeste, entre os distritos de Viana do Castelo e Évora, mas com evidente abrandamento na queda de precipitação. O vento rodará para Noroeste, soprando fraco a moderado com rajadas até aos 45 km/h, projetando-se nova descida da temperatura.

Na quarta-feira prevê-se um panorama semelhante. Embora progressivamente menor em quantidade acumulada, a chuva continuará a cair, acompanhada de vento moderado a forte ora de Norte, ora de Sudoeste. As mínimas neste dia oscilarão entre 4 ºC no distrito da Guarda e 13 ºC nos distritos de Lisboa e Setúbal.

Na quinta-feira antecipa-se uma suave mudança no estado do tempo. O céu estará nublado, alternando com algumas abertas. A nebulosidade será mais evidente no Norte e Centro. A chuva será suave, sob forma de chuviscos, de Aveiro para sul. De Aveiro para Norte, poderá ser ligeiramente mais intensa. Vento de Noroeste soprando fraco e às vezes moderado. Espera-se queda de temperatura abrupa neste dia.

Sexta-feira será o dia menos chuvoso da semana, prevendo-se nova descida das máximas. Os termómetros vão registar 13 ºC no distrito do Porto, 17 ºC no de Lisboa e 19 ºC no de Faro. É tempo de usar guarda-chuva e resgatar os cachecóis do armário!

Publicidade