Tempo em março, será tão seco como em fevereiro?

Após um mês de fevereiro marcado pela estabilidade, calor recorde e pouca chuva, segue-se o mês de março em Portugal. Continuará sem chover ou será instável?

Alfredo Graça Alfredo Graça 04 Mar. 2019 - 14:55 UTC


Apesar da primeira semana de março ser bastante chuvosa, o resto do mês deverá ter tempo soalheiro e pouca chuva.

A grande razão para a persistência contínua do tempo vivido em fevereiro foi o estabelecimento colossal de um bloqueio anticiclónico, caracterizado pela ausência de precipitação devido ao modus operandi das altas pressões, a que se juntou o espraiamento de massas de ar quente vindas do Norte de África, que com elas provocaram até durante alguns dias presença de poeiras suspensas no ar.

Contudo, nestes primeiros dias de março, o cenário alterou-se com a presença de precipitação em vários locais desde o dia de ontem. Particularmente, naquela que é a previsão para o dia de amanhã, terça feira de Carnaval, finalmente a chuva chegará em abundância ao território continental. Vão haver aguaceiros, frescura e o vento soprará ao final do dia, em regime moderado a forte, com rajadas de 50 km/h no Norte e Centro.

Nos restantes dias desta semana, a tendência de precipitação manter-se-á pelo menos até quinta-feira (7). A presença de chuva deve-se precisamente ao colapso do bloqueio em forma de ómega na Europa que perdurava até há uns dias atrás.

Será exatamente nesta semana do Carnaval, em especial nas regiões do Norte e do Centro que mais precipitará. Aliás, os mapas demonstram uma anomalia bastante positiva reveladora de uma enorme quantidade de massas de água nesta semana. Portanto, será um ótimo período de tempo para fertilizar os campos e posteriormente ajudar na lavoura dos terrenos agrícolas, pode-se dizer finalmente que a situação de seca foi ligeiramente amenizada, o que representa um alívio para quem trabalha em atividades relacionadas com a agricultura.


Segunda, terceira e quarta semanas de março, que tendências?

Na segunda semana de março, o modelo ECMWF prevê novamente o regresso de uma situação meteorológica de ausência de chuva, pautado por céu limpo nuns dias e parcialmente nublado noutros, com a nebulosidade a espraiar-se particularmente no norte do país e com preferência pelo litoral na faixa que se estende entre Viana do Castelo e Aveiro. As temperaturas deverão manter a mesma toada.

Na terceira semana, a entrada da Primavera fará subir as temperaturas outra vez, com dias caracterizados por tempo soalheiro e reduzida chance de chuva. Pode-se afirmar que em termos gerais, em Portugal continental, quer nesta terceira semana, quer na quarta semana, para os agricultores será uma altura ótima para semear e plantar. Também no que toca à segunda quinzena de março, o tempo será propício para fazer turismo.

Na quarta semana, prevê-se pouca precipitação ao longo de todo o território continental, com as projeções a mostrarem a continuidade tendencial de um tempo soalheiro, com um ou outro aguaceiro e temperaturas primaveris.

Publicidade