Como será o outono climatológico em Portugal?

Que tempo fará no outono? Contamos-lhe aqui a previsão climatológica para os meses de setembro, outubro e novembro. Uma parte do ano em que as chuvas começam a ser protagonistas, algumas delas torrenciais, e o frio regressa.

Alfredo Graça Alfredo Graça 05 Set. 2019 - 19:55 UTC


Para o outono climatológico em Portugal continental prevêem-se níveis de precipitação dentro do normal.

Setembro ainda agora começou e o outono astronómico só terá início a partir do próximo dia 23, pelo que ainda restam alguns dias de verão para desfrutar. Isto porque setembro começou com tempo quente, seco, céu limpo devido ao potente anticiclone dos Açores que bombeia as altas pressões para o nosso território continental. O outono climatológico começou a 1 de setembro (passado domingo) e terminará a 30 de novembro. Existe portanto imensa expectativa com as típicas chuvas de outono, perante a possibilidade do preenchimento das bacias hidrográficas que de momento estão abaixo da média.

Segundo os dados disponibilizados pelo SNIRH (Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos), no último dia do mês de agosto de 2019 verificou-se uma descida no volume armazenado em todas as bacias hidrográficas monitorizadas em relação ao último dia do mês de julho. Vinte e três das 59 albufeiras monitorizadas em Portugal continental tinham em agosto reservas inferiores a 40% do volume total e apenas 5 estavam a 80%.

Aproxima-se um trimestre mais quente do que o habitual

Com base nas projeções do modelo ECMWF, prevê-se que setembro, embora tendo iniciado quente e seco, atinja valores de temperatura e níveis de precipitação dentro da média, não revelando qualquer anomalia. No entanto, estima-se que no mês de outubro as temperaturas registem valores acima da média na região Norte, com destaque para o interior Norte (Trás-os-Montes, Alto Douro e Beira Alta); bem como também se deverá desenrolar do mesmo modo para o interior das regiões Centro e Sul (Beira Baixa, Alto Alentejo, Baixo Alentejo e interior do Algarve). A anomalia positiva estimada para o décimo mês do ano civil será de 0.25 ºC a 0.5 ºC de acordo com dados divulgados pelo IPMA (Instituto Português do Mar e da Atmosfera).

Quanto ao mês de novembro, o modelo Europeu de previsão conta-nos que a temperatura média mensal será superior aos valores de referência em todo o território. Assim, a anomalia positiva prevista para o décimo primeiro mês do ano civil deverá registar uma variação térmica entre 0.25 ºC a 1 ºC.

E os níveis de precipitação?

No que diz respeito à precipitação, os modelos não antecipam nenhuma anomalia ou sinal estatisticamente significativo que se distinga dos níveis de precipitação habituais nesta estação do ano. Assim, pode-se dizer que o calor, algo completamente normal nesta altura do ano, continuará a dar que falar, enquanto que no que se refere às chuvas, ainda persiste alguma incerteza, apesar daquilo que é projetado pelo ECMWF.

Como nos referimos a previsões sazonais, é possível que o padrão atmosférico se possa alterar de forma repentina nas próximas semanas. Portanto, uma previsão sazonal, além de abarcar uma enorme incerteza, caracteriza-se mais como uma tendência e não tanto uma previsão. Situação para ir acompanhando.

Publicidade