Chuva, frio e trovoada regressam a Portugal este fim de semana

Estamos quase a meio de outubro e até agora o outono tem sido tímido. Época alusiva às chuvas torrenciais e ao frio, a meteorologia tem estado atípica. Prevê-se mudança radical do tempo nas próximas horas. Confira a previsão!

Alfredo Graça Alfredo Graça 11 Out. 2019 - 20:29 UTC
Prevê-se um fim de semana instável em Portugal continental. Chuva, frio e trovoada compõem o menú meteorológico.

A semana tem sido marcada pela estabilidade do tempo, pelo calor e pela ausência de precipitação, tão típica de outono. A única situação de instabilidade atmosférica gerou-se a meio da semana, com alguns dias bastante ventosos devido a nortadas de moderada a forte intensidade em grande parte do território continental português. De resto, o tempo tem estado algo atípico quando já quase decorreu a primeira quinzena de outubro. As máximas rondam e até tem superado os 30 ºC em várias localidades, sobretudo no interior Centro e interior Sul, porém, o modelo ECMWF projeta uma mudança radical do tempo já a partir de amanhã, sábado (12).

Vai registar-se uma acentuada descida das temperaturas, a chuva regressa de forma tão implacável quanto necessária a quase todo o país e até trovoada poderá gerar-se, em particular nos distritos do interior Centro de Portugal continental (Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja). Antecipa-se chuva, frio, vento e trovoada, componentes meteorológicos típicos de outono que surgem finalmente devido à aproximação de uma superfície frontal fria vinda de Oeste.

Esta perturbação descarregará ‘chuvadas’ com maior impacto nas regiôes Norte e Centro, adquirindo maior expressão nas áreas do litoral bem como nalgumas localidades raianas do Norte português. Tempo instável começará no litoral Norte pela tarde de sábado, alargando a sua área de influência no domingo rumo a este e a sul. Além da chuva, espera-se aumento da intensidade do vento, soprando forte até 60/70 km/h, sobretudo nas terras altas.

Portugal entre relâmpagos e aguaceiros

A descida da temperatura será tão acentuada que os termómetros vão indicar valores 8 ºC a 15 ºC mais baixos do que temos registado até agora. As máximas não passarão dos 21 ºC no norte de Portugal continental durante o fim de semana. Dia 12 será muito nublado, com sensação térmica semelhante à de hoje. Veremos os primeiros aguaceiros surgir no Norte pela tarde de sábado e a trovoada a gerar-se no interior Centro e Sul.

No domingo o tempo arrefecerá consideravelmente. Um dia genuinamente outonal, repleto de chuva, onde imperará o ar frio e os tons de cinzento quando os portugueses mirarem o céu. A perspetiva das cartas sinóticas revela uma tendência que se manterá para além da próxima segunda-feira. Situação para ir acompanhando.

No Sul porém, a chuva cairá de modo suave, prevendo-se pouca ou nenhuma quantidade de chuva no Algarve. A temperatura máxima será de 18 ºC no distrito do Porto, 19 ºC no de Vila Real, 24 ºC no de Coimbra, 22 ºC no de Lisboa, 26 ºC no de Évora e 23 ºC no de Faro. Está na hora de resgatarmos agasalhos do armário e empunhar o guarda-chuva!

Publicidade