StoreWindows10

Tempestade Beatriz prolonga chuva e vento forte até domingo

Em Portugal Continental a chuva e o vento forte vão manter-se até domingo por força dos efeitos colaterais da passagem da depressão Beatriz. Como será o tempo nos próximos dias? Saiba onde vai passar a tempestade e porquê!

Alfredo Graça Alfredo Graça 07 Nov. 2018 - 17:18 UTC
A tempestade Beatriz voltará amanhã em força sobretudo à Região Norte e em parte da Região Centro.

A chuva abundante e as rajadas intensas de vento que se fizeram sentir entre ontem à noite e a madrugada de hoje estão relacionadas com a superfície frontal que afetou particularmente o Minho e o Douro Litoral. Durante a noite houve localidades que registaram acumulados de precipitação de 10 a 15 mm e em seis horas chegaram até aos 45 mm.

Em distritos do interior Norte e Centro, registaram-se fortes rajadas de vento nos distritos de Bragança, Vila Real, Guarda e Castelo Branco variando entre os 90 km/h e os 102 km/h. A superfície frontal associa-se à depressão Beatriz que está localizada realmente longe do continente a noroeste da Ilhas Britânicas, pelo que não afetará diretamente o estado de tempo no território nacional. Na verdade, aquilo que continuaremos a sentir ao longo dos próximos dias são apenas efeitos colaterais relacionados com a passagem de superfícies sucessivas de ondulações frontais derivadas da Beatriz, bem como de um anticiclone localizado a oeste dos Açores.

Para amanhã prevê-se a passagem de novo sistema frontal frio, com períodos de chuva e aguaceiros localmente intensos, sob a forma de granizo, trovoada e fortes rajadas de vento. A norte do Tejo e nas terras altas, registar-se-á um aumento da intensidade do vento com rajadas na ordem dos 75 km/h sendo que depois diminuirá. Nos dias posteriores, a partir de sexta-feira (9) e mesmo durante o fim-de-semana, em resultado do ligeiro aumento das temperaturas não deverá ocorrer queda de neve nas cotas mais elevadas.

Os efeitos colaterais da 'Beatriz' também se farão sentir na costa ocidental com ondas que poderão chegar aos 6 metros de altura.

A partir de sexta-feira

Os dias 9, 10 e 11 serão dias com muita precipitação e persistência da chuva, especialmente nas regiões Norte e Centro, sendo que ao longo do tempo também se irá estender à região Sul, embora em menor quantidade. Tudo devido a uma corrente de oeste carregada de ar tropical e com elevado vapor de água que se traduz em precipitação, com particular destaque nos distritos de Viana do Castelo, Porto e Braga. Na sexta e no sábado (9 e 10), o céu deverá registar apenas a passagem de nebulosidade pela região Centro, como no distrito de Lisboa.

As temperaturas máximas, tal como já foi mencionado, vão subir ligeiramente em todo o país até domingo oscilando entre os 15 ºC e os 19 ºC. Por força da passagem da Beatriz também a agitação e ondulação marítima far-se-á sentir com previsão de ondas de 5 a 6 metros na costa ocidental, o que já fez lançar o aviso amarelo no IPMA.

Publicidade