Depressão atlântica deixa chuva e vento em Portugal...até quando?

O verão astronómico chega na sexta-feira, mas antes a primavera despede-se com uma depressão, acompanhada de vento forte e chuva persistente, sobretudo nas regiões Norte e Centro. Contamos-lhe aqui.

Alfredo Graça Alfredo Graça 18 Jun. 2019 - 16:51 UTC
Depressão atlântica deixará chuva fraca a moderada em grande parte do território nacional. Sexta-feira chega o verão.

Depois de um fim de semana de calmia e alguma nebulosidade, exceto a situação das inundações que afetaram o Arquipélago dos Açores com fortes chuvas torrenciais, tendo ainda provocado alguns estragos, esta semana em território continental será caracterizada por um padrão atmosférico fresco, com temperaturas máximas abaixo dos 30 ºC, bastante ventoso, muito nublado, com alguns aguaceiros, sobretudo hoje e amanhã (18 e 19 de junho), tal como tínhamos avançado na nossa previsão do tempo na segunda quinzena de junho.

A depressão que afetou os Açores já se desloca por território continental, afetando o norte litoral e interior, bem como as regiões Centro e Sul de forma mais ligeira. Este padrão de instabilidade atmosférica arrastar-se-á rumo a sul e leste nos próximos dias. O noroeste peninsular, sobretudo Minho e Douro Litoral (Viana do Castelo, Braga e Porto) bem como a Galiza em Espanha serão os principais locais afetados pela chuva, de regime fraco a moderado e de carácter persistente.

A precipitação abrangerá também a região Sul no dia de hoje, regando os solos tão necessitados de água, como os do Alentejo e do Algarve, embora registando menores quantidades de precipitação que as restantes regiões do país. A chuva vai arrastar-se e deixar interessantes acumulados de precipitação até quinta-feira..

A acompanhar a chuva, o vento sopra moderado a forte do quadrante sul, com rajadas de 70 km/h nos territórios do litoral ocidental. O mar também estará ligeiramente agitado podendo as ondas chegar aos 3 metros de altura.

Quarta, quinta e sexta-feira: chuva abranda, nuvens persistem

Nas jornadas de quarta e quinta-feira, as chuvas estendem-se para sul e para este, chovendo em todo o país. No dia 19 será nos distritos da região Centro como Coimbra, Leiria, Santarém e Portalegre onde vai chover mais, atenuando um pouco mais a situação de seca. Na quinta-feira destacam-se em termos meteorológicos a presença de céu nublado ou bastante nublado, não se descartando eventuais chuviscos na região Norte. Registe-se também a subida das temperaturas máximas neste dia. O termómetro marcará os 19 ºC no Porto e 24 ºC em Bragança, 23 ºC em Lisboa e 27 ºC em Castelo Branco, 26 ºC em Évora e 24 ºC em Faro. O vento manterá a tendência de soprar moderado a forte, vindo de Noroeste.

Na sexta-feira prevê-se nova subida das temperaturas, com períodos de abertas a deixar o sol e o calor aconchegarem o território. No fim de semana, o modelo ECMWF dá conta de nova depressão vinda do Atlântico Norte em aproximação, com uma frente fria que poderá descarregar mais aguaceiros nas regiões Norte e Centro. As temperaturas deverão voltar a diminuir. Algo para ir acompanhando conforme as atualizações do modelo de previsão. Por enquanto, resgate o guarda-chuva para suportar estes dias invernosos quando estamos quase no verão.

Publicidade