Chuva e trovoada no fim de semana de São João

O verão astronómico começa hoje, mas o calor e temperaturas altas a ele associado foram adiados. O fim de semana de São João trará chuva, trovoada e frescura, sobretudo no Norte. Contamos-lhe aqui.

Alfredo Graça Alfredo Graça 21 Jun. 2019 - 12:26 UTC
Chuva regressa acompanhada de trovoada no domingo de São João. Hora de usar guarda-chuva!

O verão astronómico começa hoje, mas parece que o calor e as altas temperaturas a ele associado foram adiados. De facto, para os próximos dias, incluindo o fim de semana de São João, o modelo de previsão ECMWF aponta para a continuidade do padrão fresco e húmido que temos vivenciado até agora. Antecipa-se a presença de alguma humidade e temperaturas abaixo do normal para época pautadas por fluxos a circular de noroeste, exceção feita à região do Alentejo e Algarve, que provocarão chuva fraca num primeiro momento no dia de sábado, e depois chuva de carácter fraco a moderado, relativamente persistente no domingo.

Os distritos mais afetados pela chuva, onde em alguns deles se celebra o São João, serão Viana do Castelo, Braga, Porto e Vila Real. Aliás, as cartas sinóticas demonstram uma probabilidade razoável de se desenvolverem condições favoráveis à ocorrência de trovoada, com especial destaque para a região do Minho. A meio da tarde, contudo, é de realçar que a chuva deixará de cair dando lugar a abertas e períodos de alguma nebulosidade no norte do país.

Onda de calor severa no resto da Europa

Enquanto por cá se vive uma autêntica primavera tardia, por vezes com vestígios do Inverno, os modelos são unânimes em relação ao resto da Europa ao projetarem para os próximos dias uma severa onda de calor, com temperaturas que poderão chegar até aos 46 ºC, com especial impacto em França.

O desenvolvimento daquilo que deverá ser uma ‘gota’ fria, localizada a noroeste de Portugal continental, associado à deslocação para latitudes mais a norte da dorsal africana a oriente do nosso território, terá como consequência a subida radical das temperaturas na Europa, entre Espanha e Grécia e alguns países de leste, com anomalias bastante evidenciadas das temperaturas máximas. Portugal será mesmo a exceção iniciando o verão de forma tímida. A ‘gota’ fria vai manter a tendência de bombear e alimentar o nosso território com ventos frescos, nuvens e precipitação.

Chuva e trovoada no fim de semana

Para amanhã, céu com pouca nebulosidade com tendência a espessar no decorrer do dia, principalmente no Norte e Centro. Prevê-se o regresso tímido da chuva, que será fraca e cairá num carácter contínuo mas não muito volumoso no Minho, em Vila Real, no Porto, em Aveiro e em Coimbra. As temperaturas vão registar uma ligeira subida em todo o país. Vento soprará fraco de sul, sudoeste.

No domingo de São João antecipam-se acumulados de precipitação interessantes em toda a região Minhota, estimando-se mesmo que a chuva seja acompanhada de trovoada no período da manhã no distrito de Viana do Castelo. Esta frente fria arrastar-se-á com alguma intensidade para sul e para este descarregando precipitação em Vila Real, Bragança, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Leiria e Lisboa. O céu estará bastante nublado em todo o país, exceto no Algarve e Baixo Alentejo, em que vai estar pouco nublado.

A chuva só terá presença no Norte e no litoral Centro, continuando ausente da região Sul, bastante necessitada de água. Neste dia as temperaturas voltam a descer, destacando-se as máximas de 19 ºC no Porto e 23 ºC em Bragança, 21 ºC em Lisboa e 29 ºC em Portalegre, 30 ºC em Évora e 24 ºC em Faro.

Publicidade