tempo.pt

Adora correr? Descubra qual é a temperatura perfeita para uma corrida!

Frequentemente os corredores deparam-se com a necessidade de saber qual á temperatura perfeita para irem correr, e esta preocupação pode chegar a mudar a sua rotina como “runners” de forma inevitável. O que nos diz a ciência?

Correr; corrida; temperatura; inverno; tempo frio
Entre os vários benefícios que a corrida traz para a saúde incluem-se o aumento da autoestima e o melhoramento da qualidade do sono.

A preocupação com a temperatura pode ter influência na rotina de um corredor. No verão, quando os dias são longos, há quem salte da cama antes do nascer do sol para não se sentir tão desgastado com o calor.

Mas, agora que estamos no inverno, no hemisfério norte – onde se enquadra Portugal geograficamente, – o tempo frio parece fazer colar o corpo à cama e ainda contribui para dificultar o aquecimento dos músculos no início da corrida.

Todos estes aspetos afunilam-se numa única e intrigante questão: qual é, afinal, a temperatura ideal para correr?

Tempo frio é o ideal para correr, mas não com qualquer temperatura

Segundo vários estudos que já se debruçaram sobre este assunto, ficou demonstrado cientificamente que correr com temperaturas mais frias pode ajudar a arrefecer o corpo e melhorar o desempenho de corrida.

runner; corredor; corredora; temperatura; tempo
A preocupação com a temperatura perfeita para ir correr pode ter bastante influência na rotina de um "runner".

No entanto, se correr com tempo demasiado frio também não é benéfico, pois a temperaturas muito baixas é necessário aquecer ainda mais para correr normalmente. E isto pode afetar o desempenho da corrida, acabando por se revelar ineficaz para melhorar os chamados “tempos de corrida”.

A temperatura perfeita para correr

De acordo com um estudo levado a cabo por cientistas franceses, no qual foram analisados os resultados obtidos em 6 maratonas (Paris, Londres, Berlim, Nova Iorque, Boston e Chicago) entre 2001 e 2010, foi possível determinar a temperatura ideal para aquilo que designam de corrida produtiva.

Para tal, reuniram quatro fatores ambientais para cada uma das provas analisadas: temperatura (°C), humidade (%), ponto de orvalho (°C) e pressão atmosférica ao nível do mar (hPa); bem como as concentrações de quatro poluentes atmosféricos: NO2 - SO2 - O3 e PM10 (μg.m-3).

Segundo os dados obtidos, a temperatura ideal é de 6,2 ºC para os corredores masculinos e 9,9 ºC para as corredoras femininas.

De acordo com este estudo, as mulheres que correm são menos afetadas pelo calor no ato da corrida porque possuem uma massa muscular inferior. Foi demonstrado que os corredores de alto nível que completam os 42 km em pouco mais de 2 horas, correm a 3,83 ºC.

Outros aspetos a considerar na preparação das corridas

  • O tempo médio para corredores em temperaturas de cerca de 6 °C é de 3:31. No entanto, quando a temperatura excede os 16 °C, o tempo médio aumenta para 3:39.
  • Cada maratona tem uma temperatura ideal, um desvio provocará um aumento dos tempos médios dos corredores. Acredita-se que uma variação de aproximadamente 4 °C causaria uma diminuição no desempenho de 1%.
  • Se a temperatura aumentar ou reduzir em mais de 8 °C, o desempenho irá baixar em 3%.
  • Para correr mais depressa, é melhor correr a temperaturas mais baixas.
  • Para atletas de alto rendimento a temperatura é de 1 °C e para atletas amadores a temperatura perfeita é de cerca de 9 °C.

Além da temperatura, que outro elemento climático afeta o seu desempenho na corrida?

Os elementos climáticos afetam a sua performance drasticamente, pelo que deve ter em conta qual é a temperatura ideal para ir correr. Quando corremos os elementos climáticos que mais afetam o nosso desempenho, são o ar e a humidade.

No que diz respeito ao ar, com uma temperatura superior a 15ºC, o desempenho do nosso corpo reduz e corremos mais lentamente. Quanto à humidade, se um elevado teor de humidade for combinado com uma temperatura também ela elevada, a nossa performance de corrida será consideravelmente afetada.