tempo.pt

Uma série de tornados devastam o leste da China: vídeos

Uma série de grandes tornados atingiu a China Oriental, causando danos maciços em algumas cidades, feridos e baixas. Aqui ficam alguns vídeos.

Os tornados estão de volta para semear a morte e a destruição nas províncias chinesas. Depois do tornado gigante que varreu a, agora famosa, cidade de Wuhan em Maio passado, e dos recentes tornados nas áreas central e oriental do grande país asiático, na passada segunda-feira uma série de tornados atingiu a província de Shandong, no leste da China. Aparentemente, esta é a mais forte onda de tornados alguma vez observada neste local.

No início desta semana, na província de Shandong, foram noticiados pelo menos 10 tornados, dos quais, pelo menos, 3 foram violentos, provavelmente acima de EF3 - EF4 (escala Fujita avançada). Um violento tornado deslocou-se diretamente para o centro de Shenxian por volta das 13:00 UTC de 11 de Julho de 2021, causando danos "catastróficos", como relatado pelas próprias autoridades chinesas.

O tornado, infelizmente, atingiu a área urbana em cheio, arrancando centenas de árvores e descobrindo os telhados de muitas casas e edifícios, que foram seriamente danificados. Muitas pessoas ficaram feridas, em estado grave, embora ainda não existam números oficiais.

Além do tornado que atingiu Shenxian, outro grande tornado devastou uma floresta inteira antes de se deslocar diretamente para o centro da cidade de Gaotang pouco depois do evento em Shenxian. Outro grande tornado atingiu Bing Zhou à meia-noite, hora local. Este tornado destruiu várias casas, derrubou postes telefónicos de betão e levantou dezenas de veículos estacionados na rua.

Muito provavelmente, estes tornados assustadores desenvolveram-se rapidamente devido a trovoadas originadas por uma "supercélula", que se formaram ao fim da noite e na noite seguinte em várias áreas do leste da China. Tempestades de supercélulas extremas podem formar-se no leste da China, especialmente nesta altura do ano. Nas planícies centrais e orientais da China, no Verão, a instabilidade latente pode ser muito elevada, com o "Cabo" (energia potencial disponível para convecção) a atingir localmente 6000J/kg (entre as mais altas do mundo).