Daniele Ingemi

Daniele Ingemi

Meteorologista - 68 artigos

“Técnico de meteorologia”, com a norma da WMO, certificato Dekra. Em 2011, Daniele Ingemi começou a estudar meteorologia, seguindo um curso de especialização em meteorologia sinóptica e previsão a médio e curto prazo, estudando modelos concetuais para a área euro-mediterrânica, na Aeronáutica Militar. Desde 2010, começa a colaborar com muitos jornais, rádios e televisões locais, como meteorologista e divulgador. Desde 2013 que trabalha como meteorologista para o jornal online Tempostretto.

Desde 2015 que desempenha a atividade de consultor meteorologista privado, elaborando previsões de âmbito local para pequenos municípios na Sicília e para empresas privadas envolvidas na produção de energia, transportes e atividades agrícolas, que necessitam de previsões detalhadas e precisas para pequenas áreas territoriais.

Desde 2016 que está inscrito no Colégio de Jornalistas da Sicília, como jornalista-publicitário. Entre 2016 e 2018 colaborou, como meteorologista e analista, para um jornal húngaro e para uma revista científica russa, escrevendo artigos sobre sinóptica e o estudo de fenómenos meteorológicos extremos como aluviões, tempestades de vento, ondas de calor e secas.

Em abril de 2019 recebeu a certificação Dekra como “técnico de meteorologia“ com a norma WMO. Registou-se logo a seguir na AMPRO, a Associação de Meteorologistas Profissionais, onde ocupa o cargo de “técnico em meteorologia“.

Ocupa-se principalmente de meteorologia dinâmica, sinóptica e do estudo dos fenómenos meteorológicos extremos, bem como das previsões meteorológicas marinhas para o baixo Tirreno, Canal da Sicília e o Jónio.

Artigos de Daniele Ingemi

Artboard
Onde ocorreu o terramoto mais violento da história do Mediterrâneo?
Ciência

A história diz-nos que, em 365 d.C., a região mediterrânica foi abalada por um enorme terramoto que, de acordo com as estimativas mais recentes, atingiu mais de 8,0 na escala de Richter. O terramoto e o subsequente tsunami mataram dezenas de milhares de pessoas.

Como é que os oásis surgem nos desertos?
Ciência

São precisamente estes lugares que fazem florescer de novo o deserto, onde a vida permaneceria fechada a todas as espécies vivas existentes. Depois, há outros oásis onde a água consegue chegar à superfície graças à intervenção humana.

Onde se encontra a árvore mais rara do mundo?
Ciência

Uma vez que existem poucos exemplares desta árvore no mundo, o cultivo destas plantas no estrangeiro pode ajudar a conservar a espécie, em caso de extinção no meio natural.

1 2 3 4