tempo.pt

O céu esta semana: mergulhe na última superlua do Verão

Na próxima sexta-feira, dia 12, a lua atingirá a sua fase de lua cheia. Será esta uma superlua? Saiba aqui o que é uma superlua e que outros fenómenos podem acontecer.

lua cheia; superlua
A lua cheia ocorre às 21:36 EDT de quinta-feira, ou seja, 2:36h, de sexta-feira, hora local.

A lua cheia ocorre quando a luz solar incide de frente para a lua. Adicionando isto ao facto de esta se encontrar mais próxima da Terra, dão-se as superluas. Este ano já se observaram superluas nos meses de maio, junho e julho. Este espetáculo lunar coincide com uma das chuvas de meteoros mais esperadas do ano - as Perseidas.

Como se chama a lua cheia em agosto?

A maior parte dos nomes conhecidos da lua cheia vem dos nativos americanos, que se baseavam nas características de um mês em particular. Para muitas das tribos que viviam ao redor dos Grandes Lagos, agosto era tradicionalmente a temporada de pesca do esturjão, daí o nome da lua cheia de agosto.

O esturjão é um grande peixe de água doce que habita a Terra desde os tempos pré-históricos. Desde então, estes não passaram por nenhuma mudança significativa: há quem os chame de fósseis vivos. Atualmente, há cerca de 26 espécies de esturjão no mundo, e todas estão em extinção devido à intensa pesca predatória e poluição das águas. Que o nome da lua cheia de agosto seja um lembrete sobre cuidar da natureza.

O nome inicial dado à lua cheia de agosto, pelos nativos americanos, foi sendo substituído por nomes alternativos conforme os povos e as regiões do mundo.

Nomes alternativos da lua cheia de agosto

A lua cheia de agosto também é marcada pelo início da época de colheita no hemisfério norte. Os nomes dos nativos americanos para a lua cheia de agosto incluem lua de milho, lua de arroz e lua de cereja. Os anglo-saxões chamavam-na de lua dos grãos.

Entre o povo cristão, esta lua era conhecida como a lua do voo, visto que os pássaros jovens aprendem a voar por volta desta época. Muitas culturas também a chamam de lua vermelha, por causa do tom avermelhado que a lua adquire no final da névoa de verão.

Os outros nomes alternativos para a lua cheia de agosto incluem:

Chinês: lua da colheita;

Celta: lua da disputa;

Cherokee: lua de frutas;

Hemisfério sul: lua de neve, lua da tempestade, lua da fome, lua do lobo.

A lua de esturjão de 2022 será uma superlua?

De acordo com o calendário criado por Fred Espenak, astrofísico da NASA, a lua cheia deste mês será uma superlua. No entanto, na tabela fornecida por Richard Nolle, astrólogo americano que inventou o termo "superlua", não encontraremos nenhuma superlua até 2023.

O que é uma superlua? Uma superlua é uma lua cheia ou nova que está próximo (dentro de 90%) ou no ponto de aproximação mais estreita com a Terra numa determinada órbita. As superluas parecem 7% maiores e 16% mais brilhantes do que as comuns.

A última superlua de 2022 e outros fenómenos que acontecerão em simultâneo

Não perca a chance de ver esta lua inusitadamente brilhante este ano! A tabela de Fred Espenak diz que a lua cheia deste mês de agosto será a última superlua cheia de 2022.

Já no dia 12 de agosto, observe a conjunção entre a Lua e Saturno. Dois dias depois, a 14 de agosto, o planeta anelado estará em oposição, o que significa que ele parecerá maior e mais brilhante do que o costume.

Ainda no dia 13 de agosto, é esperado que as renomadas Perseidas atinjam o seu pico de atividade (a chuva de estrelas pode produzir cerca de 100 meteoros por hora). Contudo, a lua cheia, mais brilhante que o normal, pode atrapalhar a observação destas, ofuscando o brilho dos meteoros.