Costa leste da Austrália é coberta por espuma do mar

Partes da costa leste da Austrália registaram uma impressionante acumulação de espuma do mar nas praias, um fenómeno não muito raro, contudo bem chamativo! Este grande volume de espuma foi resultado de dias de tempo severo na região!

Espuma do mar
Tempo severo na costa leste da Austrália gera grande acumulação de espuma do mar no litoral. Imagem: AccuWeather.

Grandes aglomerados de espuma do mar formaram-se ao longo da costa leste da Austrália, principalmente na região de Gold Coast, próxima à fronteira dos estados de Queensland e Nova Gales do Sul, após um fim de semana de intensas tempestades.

Vários habitantes da região saíram para registar e até mesmo se divertirem nos grandes montes de espuma branca e espessa que eram trazidos pelas ondas e que se foram acumulando na praia. Um breve momento de distração após um final de semana de tempestades e tempo severo!

Entre o final da semana passada e o início desta semana grande parte da costa do sul de Queensland e norte de Nova Gales do Sul foi atingida por chuvas torrenciais, ventos fortes e forte agitação marítima. Um sistema de baixa pressão foi o responsável por gerar tempestades severas entre esses dois estados. Algumas cidades chegaram a acumular cerca de 1 000 mm de chuva em apenas 4 dias!

Além das chuvas, várias localidades registaram ventos de cerca de 100 km/h! Devido à circulação ciclónica do sistema, os fortes ventos ficaram perpendiculares à costa, gerando grandes ondas que chegaram até aos 8 metros de altura na baía de Byron, em Nova Gales do Sul. Em vários pontos da costa, a maré alta e agitada inundou ruas e provocou grandes erosões e deslizamentos nas encostas.

Quando o mau tempo deu uma pequena trégua no início da semana, muitas pessoas foram tirar proveito da situação e divertir-se no meio de toda a espuma acumulada. Uma família acabou por ter um belo susto quando o seu cão avançou pela espuma e se perdeu. Felizmente, a sua dona conseguiu encontrá-lo, mas o ocorrido serve de alerta, pois por mais que a espuma seja inofensiva, acaba por ocultar o avanço do mar, pedras e outros objetos.

Como se forma essa espuma do mar?

A água do mar contém diversos tipos de partículas, como sais dissolvidos, algas marinhas, microrganismos, fitoplânctons, proteínas, gordura proveniente de animais, além de poluentes de origem antropogénica como vestígios de detergente, esgoto, fertilizantes. Se você colocar um pouco de água do mar num copo e abanar bem, verá que uma pequena espuma se irá formar. Essa espuma é o resultado da interação da água, ar e as partículas presentes na água.

Dessa forma, quando há uma forte agitação marítima devido a atuação de sistemas meteorológicos intensos, a espuma forma-se em maior volume e tende a acumular-se no litoral. Como no caso da costa leste da Austrália, onde a baixa pressão e os fortes ventos perpendiculares à costa causaram a forte agitação marítima que produziu a grande quantidade de espuma.

Na maioria das vezes essa espuma do mar não é prejudicial a humanos, por ser composta em grande parte por material orgânico. No entanto, em regiões próximas de despejo de esgoto ou água poluída ou em áreas de grande proliferação de algas, essa espuma pode causar alguns males, desde irritações na pele até possíveis intoxicações e outros problemas de saúde.