José Miguel Viñas

José Miguel Viñas

Meteorologista - 11 artigos

Depois da licenciatura em Ciências Físicas na Universidade Complutense de Madrid, José Miguel Viñas orientou o seu trabalho profissional para a comunicação e divulgação da meteorologia em diferentes meios de comunicação social. Trabalhou como meteorologista na Antena 3 Televisión, entre 1999 e 2003, e mais tarde começou a colaborar no programa da Radio Nacional de España “No es un día cualquiera”, com Pepa Fernández, onde esteve 15 temporadas (2004-2019). A sua secção ”El tiempo del tiempo” foi premiada com uma Menção de honra na edição de 2006 do concurso “Ciencia en Acción”. Também dirigiu e apresentou o programa de rádio “Los cuatro elementos”, na CMMedia durante os anos 2017-2018.

Atualmente, combina o seu trabalho como meteorologista da Meteored com colaborações na RNE (“De Pe a Pa“), na La 2 da TVE (“La aventura del saber” e “Órbita Laika”) e outros meios de comunicação social.

É um dos fundadores da ACOMET e é atualmente membro do Conselho de Administração da AECC (Associação Espanhola de Comunicação Científica). Participou também na Campanha da Antártida Espanhola 2017-2018. Desde 2013 que é consultor da Organização Meteorológica Mundial. Dá regularmente conferências e escreveu 7 livros, o último dos quais é ”Conocer la Meteorología. Diccionario ilustrado del tiempo y el clima” (Alianza Editorial, 2019). Na sua página web pessoal (divulgameteo.es) pode encontrar mais informação meteorológica.

Artigos de José Miguel Viñas

O precioso "ouro azul" do Afeganistão
Ciência

O precioso "ouro azul" do Afeganistão

Durante vários milhares de anos, o lápis lazúli só era extraído de minas situadas no Afeganistão. No final da Idade Média e no início do Renascimento, foi amplamente difundido por Itália para elaborar um pigmento azul intenso, utilizado para pintar céus e túnicas nos quadros.

Presente e futuro do aquecimento global: para onde vamos?
Ciência

Presente e futuro do aquecimento global: para onde vamos?

As ondas de calor que tivemos neste verão de 2021 estão em sintonia com a informação fornecida pelo IPCC no seu sexto e último relatório (AR6), cuja primeira parte, dedicada às bases físicas das alterações climáticas, foi publicada a 9 de agosto.

Quando o mar congela: como se forma a banquisa polar?
Ciência

Quando o mar congela: como se forma a banquisa polar?

A banquisa polar é uma camada de gelo superficial que aparece tanto no Ártico como em torno da Antártida, variando sazonalmente em extensão e espessura. Aqui contamos-lhe os detalhes da sua formação.

Óculos embaciados com a máscara, com que truques se pode evitar?
Ciência

Óculos embaciados com a máscara, com que truques se pode evitar?

As pessoas que usam óculos encontraram um problema adicional ao desconforto de usar uma máscara durante demasiado tempo, como é obrigatório nestes tempos de pandemia. Lentes de óculos embaciam facilmente, o que não é fácil de solucionar de forma permanente.

Decálogo de proteção para evitar impactos de relâmpagos
Ciência

Decálogo de proteção para evitar impactos de relâmpagos

Todos os anos, morrem, em média, 24.000 pessoas em todo o mundo devido ao impacto de relâmpagos. Para reduzir o risco de ser atingido por um deles, oferecemos-lhe uma série de recomendações para evitar os sustos.

Quando os cometas, como o NEOWISE, eram atmosféricos
Ciência

Quando os cometas, como o NEOWISE, eram atmosféricos

Aristóteles no seu tratado "Meteorologia" dedicou um capítulo para expor a sua teoria sobre a formação de cometas. Nele defendia a sua natureza atmosférica, algo que se baseava na observação do fenómeno, que como bem sabemos, é de origem astronómica. As suas ideias foram válidas durante 2000 anos.

Superglaciações: episódios 'Terra bola de neve'
Ciência

Superglaciações: episódios 'Terra bola de neve'

Graças aos estudos paleoclimáticos, pensa-se que várias vezes ao longo da história geológica da Terra surgiram superglaciações, também conhecidas como eventos de Terra Branca ou bola de neve, nos quais a totalidade da superfície terrestre ficou coberta de neve e gelo.

Meteorologia dentro de casa, aprenda em quarentena
Atualidade

Meteorologia dentro de casa, aprenda em quarentena

O confinamento nas nossas casas que estamos todos obrigados a fazer para tratar de travar a rápida expansão do coronavírus, é uma boa oportunidade para aprender Meteorologia. Para isso, basta observar alguns fenómenos físicos que ocorrem no interior das casas.

Noite de Paz pós-vulcânica
Ciência

Noite de Paz pós-vulcânica

O poema que deu origem à canção de natal "Noite de Paz" foi escrito em 1816 - naquele que foi conhecido como "ano sem verão"- e a sua música foi composta em 1818. O contexto climático no qual foi escrito está ligado à catastrófica erupção do vulcão Tambora, na Indonésia, ocorrida em abril de 1815.

Chuvas extravagantes: peixes, sapos e... moedas!
Ciência

Chuvas extravagantes: peixes, sapos e... moedas!

De vez em quando, surge uma notícia que faz referência a uma chuva de sapos, peixes e outros objetos mais bizarros. As chuvas raras são uma constante ao longo da História e muitas delas têm uma explicação científica. São principalmente causadas por um tornado ou tromba d'água. Saiba mais aqui!