Tempo este mês em Portugal: um janeiro gélido?

Como estará o tempo em janeiro em Portugal Continental e Arquipélagos? Embora com o devido grau de incerteza, já é possível fazer uma projecção do tempo previsto para este mês. Puxe do casaco, cachecol e demais agasalhos!

Alfredo Graça Alfredo Graça 02 Jan. 2019 - 11:46 UTC
A partir do dia 12, as temperaturas ficarão negativas em vários locais do interior português podendo registar-se queda de neve.

Durante os próximos dias não se esperam grandes alterações do estado do tempo no país. A continuidade da presença de um potente bloqueio anticiclónico irá confirmar a ausência da precipitação até pelo menos dia 11 de Janeiro.

Prevê-se que as temperaturas irão baixar gradualmente dia após dia, sobretudo as mínimas que deverão situar-se um pouco abaixo da média. Aliás, em geral deverão registar-se valores negativos em algumas regiões do interior, e presença de geada quer no litoral quer no interior. Nos grandes rios (Tejo, Douro, Guadiana), vales e terras baixas o nevoeiro perdurará.

Embora com o devido grau de incerteza, o modelo ECMWF demonstra a possibilidade do retorno de alguma chuva, que caso se confirme, também poderá trazer queda de neve às terras altas do interior norte e centro. Assim, esta semana não precisará de guarda-chuva mas luvas, casaco, cachecol e outros agasalhos são obrigatórios para enfrentar o frio.

Tempo nas próximas semanas

Se nos primeiros 11 dias, praticamente primeiras duas semanas de janeiro, não se verificarão grandes alterações no estado de tempo, como será o tempo nas semanas seguintes? Mesmo com um elevado grau de incerteza e de muitos fatores poderem intervir no panorama meteorológico, já é possível projectar que tempo fará na segunda, terceira e quarta semanas de janeiro, a partir de 12 de janeiro.

Assim sendo, na segunda semana prevê-se um total de precipitação semanal mais elevado que o normal, com uma anomalia positiva entre 0 e 60 mm prevista para todo o território com exceção da região do Algarve. Quanto às temperaturas, tendo em conta a média semanal calculada para esta altura do ano, espera-se que sejam superiores ao normal em quase todo o território. Calcula-se igualmente uma anomalia positiva de 0ºC a 1 ºC no litoral oeste.

Na terceira e na quarta semana, por ainda estarmos relativamente distantes em termos temporais, é arriscado prever valores de temperatura. No entanto, no que concerne à precipitação, há uma elevada probabilidade dela se registar em valores superiores ao normal, esperando-se dias bastante chuvosos na última quinzena de janeiro para todo o país, especialmente no litoral Norte.

Nos Arquipélagos

Os Açores (Ponta Delgada) registarão na primeira semana uma elevada quantidade de precipitação, cuja tendência praticamente se dissipará na semana seguinte, com exceção do dia 10. As temperaturas deverão permanecer relativamente estáveis, entre os 16 ºC e os 18 ºC. No arquipélago da Madeira (Funchal), prevêe-se valores de temperatura elevados em relação à época do ano, chegando a a atingir os 20 ºC de máxima e com grande probabilidade de pelo menos nos primeiros quinze dias não chover.

Publicidade