tempo.pt

Em semana de São João, em Portugal uma depressão: onde choverá mais?

Esta semana o tempo vai continuar fresco em Portugal continental. Além disso, uma depressão atlântica causará instabilidade em grande parte do território. Terá influência nas festividades do São João? Quando e em que regiões portuguesas vai chover mais esta semana? Consulte a previsão!

chuva; tempo; meteorologia
Na semana em que se celebram as festas do São João em várias cidades portuguesas, como irá estar o estado do tempo em Portugal continental? Onde poderá chover mais?

No passado fim de semana, a temperatura baixou significativamente de norte a sul de Portugal continental. A metade ocidental da Península Ibérica deixou de estar - há já alguns dias - sob a influência de uma massa de ar tropical continental (até então a responsável pelo calor tórrido que Portugal viveu até meados da semana passada), e foi, desde sábado dia 18, substituída por outra, de origem atlântica, mais húmida e fresca. Os termómetros não só baixaram, como já está a ocorrer uma importante anomalia térmica negativa de lés a lés do território luso continental.

Como se não bastasse, além da frescura, intensificada por um regime de ventos de Oeste – a soprar forte sobretudo durante a tarde – ocorreram períodos de chuva fraca e aguaceiros, e muitas nuvens foram compondo o firmamento. Este panorama meteorológico poderá repetir-se nos próximos dias, numa semana em que, em muitas cidades, vilas e aldeias de Portugal continental se celebrarão as festas do São João. Onde e quando irá chover mais? Há risco de chuva na noite de São João?

A razão pela qual subitamente o tempo arrefeceu tanto, e com presença de chuva

A depressão que se encontra estacionada no Noroeste da Península Ibérica é a responsável por impulsionar a massa de ar mais fresca que arrefeceu, e continuará a arrefecer substancialmente o território inteiro de Portugal continental. De acordo com os modelos do ECMWF, irá manter-se na mesma posição ao longo dos próximos dias.

As frentes associadas a esta pequena depressão atlântica não só irão deixar nebulosidade abundante - sobretudo a norte do Tejo – como também alguma chuva, em geral fraca, mas com o potencial de ser localmente moderada e frequente no Alto Minho, Tâmega e Sousa, Terras de Trás-os-Montes, Viseu Dão-Lafões, Beiras e Serra da Estrela, Região de Coimbra e Médio Tejo. As maiores concentrações de precipitação serão em redor das áreas de montanha das regiões acima mencionadas. Os dias mais chuvosos serão terça-feira 21 de junho e solstício de verão, e quarta-feira, dia 22.

A chuva não irá restringir-se somente às regiões do país anteriormente mencionadas, esperando-se que, no decorrer da semana, caia em praticamente todo o território. Prevê-se possibilidade de chuva até ao Algarve, mas, a sul do Tejo, a precipitação deverá assumir um carácter intermitente, errático, disperso e pouco frequente ao longo da semana, isto é, será menos provável e intensa quanto mais para sul do nosso país.

A frescura vai manter-se durante toda a semana de norte a sul da nossa geografia, com as temperaturas a ficarem muito abaixo do normal para esta época do ano. Assim, a semana do São João 2022 será bastante fresca, com valores térmicos tímidos e com poucas capitais distritais a atingir os 25 ºC em toda a semana. Até quarta-feira (excluindo hoje), prevê-se máxima de 22 ºC para Lisboa, de 20 ºC para o Porto e de 23 ºC para Faro. Nestes próximos 2 dias as temperaturas máximas nas capitais distritais da região Norte não passarão dos 21 ºC e, nas do Centro e Sul, variarão entre 15 ºC (Guarda) e 25 ºC (Beja).

Ao longo desta semana do São João, o vento soprará, em geral, de Noroeste ou Oeste, podendo temporariamente rodar para Sudoeste. A circulação de ventos de Oeste dominará, impondo uma corrente tipicamente atlântica, fresca e húmida.

O que esperar para quinta e sexta-feira de São João?

O estado do tempo para quinta-feira, 23 de junho, a data na qual se celebra pela noite, as festas do São João, poderá estar parcialmente nublado e até mesmo registar períodos de chuva fraca ou aguaceiros, geralmente dispersos, durante boa parte do dia. À data de hoje, tudo indica que a linha de instabilidade percorrerá Portugal continental numa trajetória sudoeste-nordeste, do litoral para o interior.

À data de hoje não parece haver previsão de chuva para a noite de São João (23 para 24 de junho). Apesar disso, durante o dia haverá risco de precipitação.

De momento, os modelos sugerem que a pouca precipitação prevista para quinta-feira 23 se deverá dissipar ao fim da tarde, pelo que, o tempo para a noite de São João deverá estar apenas parcialmente nublado. Mesmo assim, é possível que até lá a previsão altere, pelo que recomendamos que se mantenha atualizado diariamente connosco.

E para sexta-feira, dia 24 e feriado de São João nalgumas cidades de Portugal, não se prevê grande variação térmica pelo que o tempo permanecerá fresco. A chuva já praticamente se terá dissipado, embora estejam previstos períodos nublados, bem como alguns chuviscos fracos e distribuídos irregularmente pelo território, sobretudo no Norte do país.