Abril de 2019 chuvoso

Como habitualmente apresenta-se a análise climatológica mensal do mês que terminou. O mês de abril de 2019 em Portugal continental classificou-se como um mês chuvoso.

Teresa Abrantes Teresa Abrantes 08 Maio 2019 - 10:19 UTC
O mês de abril foi um mês chuvoso.

A falta de chuva que se verificou nos primeiros três meses do ano, foi contrariada em abril com ocorrência de precipitação que levou a classificar o mês de abril como um mês chuvoso.

Precipitação

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, IPMA, o valor médio da quantidade de precipitação foi superior ao valor normal e corresponde a cerca de 140 % do valor médio mensal.

Desde o ano 2000 só 7 meses de abril registaram valores de precipitação acima do normal e o ano de 2019 foi um deles, sendo o 5º abril mais chuvoso desde 2000. Os mais chuvosos ocorreram nos anos 2000, 2008, 2016 e 2018. Desde 1931 os valores da quantidade de precipitação superiores aos agora registados ocorreram em cerca de 20 % dos anos.

Anomalias da quantidade de precipitação em abril em Portugal continental, em relação aos valores médios no período 1971-2000. Fonte: IPMA.

Temperatura

O mês de abril em Portugal continental classificou-se como normal em relação à temperatura do ar. O valor médio da temperatura média do ar foi um pouco inferior ao normal. Desde 2000 só 5 anos registaram temperaturas médias abaixo dos valores normais para o mês de abril. Nos restantes 14 anos a temperatura média foi sempre superior ao valor normal.

Desde 1931 registaram-se valores da temperatura média inferiores aos agora registados em cerca de 35 % dos anos. O valor médio da temperatura mínima do ar foi inferior ao normal, sendo o 3º valor mais baixo desde 2000, depois de 2009 e 2012, enquanto que o valor médio da temperatura máxima do ar foi próximo do valor normal.

Monitorização da Seca – Índice PDSI

No final do mês verificou-se em relação ao final de março uma recuperação significativa dos valores de percentagem de água no solo em especial nas regiões Norte e Centro e, em particular, nas regiões do Litoral. Na região Sul ainda se mantêm valores inferiores a 20% em especial nas regiões do Baixo Alentejo e Algarve.

De acordo com o índice meteorológico de seca PDSI, índice meteorológico de seca calculado pelo IPMA para monitorização da situação de seca, no final de abril verificou-se uma diminuição da área em seca meteorológica e da sua intensidade.

Distribuição espacial do índice de seca meteorológica no fim de março (esquerda) e no fim de abril 2019 (direita). Fonte: IPMA.

Apenas as regiões a sul do rio Tejo se mantêm em situação de seca, sendo de realçar que a percentagem de 37.6 % do território em seca severa no final de março baixou para 3.7 % no final de abril e 45.1 % na classe de seca moderada em março baixou para 27.9 %.

Por outro lado aumentou a percentagem de seca fraca, de 16.8 % em março passou para 26.4 % em abril e começou a aparecer percentagem do território: 18.3 %, na classe de chuva fraca e 23.7 % na normal.

Publicidade