A Tempestade Ciara já causou mortes e estragos impressionantes

Neste artigo contamos-lhe acerca do poderoso impacto da super tempestade Ciara que têm assolado vários países do Norte da Europa, incluindo Reino Unido, Irlanda, Países Baixos, Alemanha, entre outros. Não perca as melhores imagens!

Alfredo Graça Alfredo Graça 10 Fev. 2020 - 23:20 UTC

A tempestade Ciara continua a provocar tempo altamente instável e muito adverso pela Europa fora, com ventos fortes, chuvas torrenciais e ondas gigantes, tendo causado até agora estragos impressionantes. Os transportes aéreos, ferroviários e marítimos foram muito condicionados e, infelizmente, pelo menos cinco pessoas já morreram e outras várias ficaram feridas.

Na Polónia, duas mulheres morreram após a intempérie ter arrancado o telhado de um edifício de aluguer de equipamentos de esqui, na estância turística de Bukowina Tatrzanska, tendo também atingido pessoas que estavam próximas dum teleférico, segundo relatos da polícia local.

Na Suécia, um homem morreu afogado e outro está desaparecido, depois do barco em que estavam ter virado do avesso no lago do sul de Fegen. O jornal sueco Aftonbladet conta que o outro indivíduo continua desaparecido. Dois homens, um no norte da Eslovénia e outro no sul de Inglaterra morreram depois de árvores terem atingido fortemente os seus carros. Na Alemanha, duas mulheres foram gravemente feridas por uma árvore em Saarbrücken.

A tempestade Ciara causou 11 feridos ligeiros em Grand Est, na França, onde 90.000 casas estavam sem eletricidade hoje. O norte de França está sob alerta laranja devido a ventos com rajadas de furacão (até 139 quilómetros/hora) em algumas partes do país. No domingo vários voos e ligações marítimas foram cancelados entre a França e o Reino Unido. Jogos de futebol foram adiados, fazendo recear danos, inundações e cortes de eletricidade. No Reino Unido, mais de 20.000 casas no leste e sudeste da Inglaterra permanecem sem eletricidade devido à passagem da tempestade Ciara.

Publicidade