tempo.pt

Mais um mês de abril quente, e a bater recordes, no Globo

A NOAA divulgou a sua análise da temperatura global referente ao mês de abril, concluindo que este abril, juntamente com o de 2010, estão em quinto lugar como os meses de abril mais quentes desde que se iniciaram os registos em 1880.

aquecimento global; globo; terra
A temperatura média global de superfície foi a quinta mais elevada para o mês de abril de 2022 e de 2010.

A temperatura global da superfície no período de janeiro-abril foi 0,87 °C acima da média do século XX e é a quinta mais alta no registo dos 143 anos.

Temperatura no Globo no mês de abril

Segundo os cientistas dos Centros Nacionais de Informação Ambiental (NCEI-National Centers for Environmental Information) da NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration) dos Estados Unidos, a temperatura média da superfície terrestre e oceânica do globo em abril de 2022 foi 0,85 °C acima da média do século XX e iguala com 2010 como a quinta maior para abril num registo de 143 anos.

Anomalias da temperatura
Anomalias da temperatura da superfície do globo, no mês de abril no período de 1880 a 2022. Fonte: NOAA Global Climate Report April 2022

Os 10 meses mais quentes de abril ocorreram desde 2010, com os anos 2014-2022 todos classificados entre os 10 meses de abril mais quentes de que há registo. Abril de 2022 é o 46º abril consecutivo e o 448º mês consecutivo com temperaturas acima da média do século XX.

Temperatura nos continentes e oceanos

Apesar da temperatura média global em abril ter sido acima da média, observaram-se temperaturas próximas da média em algumas regiões, tais como, grande parte do sul da América do Sul, algumas regiões da Europa, África Austral, bem como no Oceano Atlântico e Índico.

Globo anomalia da temperatura
Anomalias da temperatura média da superfície do globo em abril de 2022, em relação ao valor médio no período 1991-2020 (áreas a cinzento representam falta de dados) (Fonte: NOAA Global Temp v5.0.0-20220508)

A Ásia teve o seu abril mais quente de que há registo - que data de 1910 - com temperatura média 2,62 °C acima da média. Isto ultrapassou o agora segundo abril mais quente, o de 2016, por 0,05 °C. As temperaturas anormalmente elevadas em toda a Índia e Paquistão contribuíram para o calor recorde na Ásia, com vários locais a estabelecerem novos recordes de temperatura em abril.

A Oceânia teve o seu quinto mês de abril mais quente de sempre, enquanto a África e a América do Sul registaram respetivamente o seu 9º e 12º mês de abril mais quentes. A América do Norte foi o único continente com um abril mais frio do que a média, sendo o abril mais frio desde 2018.

Gelo no Ártico e na Antártida

A extensão de gelo do Ártico em abril foi 4,3% abaixo da média (1981-2010) e é a 11ª menor extensão de abril.

A extensão do gelo na Antártida durante o mês foi 14,7% inferior à média e, juntamente com abril de 1981, é a 4ª menor extensão para abril.

Ciclones tropicais

A atividade dos ciclones tropicais esteve acima da média, com um total de 5 ciclones tropicais com nomes atribuídos.

De realçar o ciclone tropical Megi, que com ventos e chuvas extremamente fortes provocou fortes desabamentos de terras com perda de vidas nas Filipinas.

Cheias

Durante o mês de abril é de assinalar a ocorrência de cheias, com consequências muito graves na Colômbia, e na parte leste da África do Sul.