Efeitos da depressão Filomena em Portugal: onde poderá nevar?

A depressão Filomena já está a afetar o arquipélago da Madeira, onde fez despoletar o aviso vermelho devido à chuva localmente forte e persistente. Em Portugal continental o que poderá acontecer? Vai nevar? Contamos-lhe mais aqui!

Tal como já tínhamos avançado, Portugal continental vai ficar quase na sua totalidade, à margem deste episódio do tempo severo. A massa de ar frio originária de norte que desde há vários dias tem estado a envolver a Península Ibérica, proporcionando uma situação meteorológica semelhante a uma vaga de frio, vai interagir com a depressão Filomena chegada desde o sudoeste peninsular a partir de hoje. Nas próximas 24 a 36 horas, a depressão Filomena atingirá o seu auge no arquipélago da Madeira, onde já fez disparar o aviso vermelho devido à chuva localmente forte e persistente, além do risco iminente de cheias e deslizamentos de terra.

Como esta depressão carrega muita humidade e contém ar subtropical, ao colidir com o ar frio que por cá está estacionado, dará origem a queda de precipitação na região Sul, que poderão ser de neve nos pontos mais elevados das serras da região Sul. Previsivelmente, a neve cairá acima dos 600 metros de altitude. A partir da manhã de sexta-feira, já serão sentidos os efeitos da depressão Filomena em território continental, sobretudo nas regiões do Algarve e do Alentejo. Estima-se um aumento da intensidade do vento nordeste, bem como a ocorrência de precipitação que só chegará às regiões Norte e Centro no sábado. A queda de neve poderá acontecer no Alentejo na segunda metade do dia de amanhã, previsivelmente acima dos 600 metros de altitude.

Será então no sábado (9), a partir do meio-dia, que uma nova linha de precipitação abrangerá o interior, descarregando neve ou água-neve pela Beira Interior e pelo Alto Alentejo, estendendo-se a Trás-os-Montes e Alto Douro nas horas seguintes. No domingo o frio intenso vai permanecer pelo país, com a manutenção de temperaturas mínimas extremas. Para além disso, prevê-se a queda de neve em alguns pontos do território continental, possivelmente no nordeste transmontano. Desse lado, não se esqueça de nos acompanhar no seguimento deste fascinante e assustador temporal que se poderá tornar histórico na vizinha Espanha.