StoreWindows10

Junho a acabar, chuva a regressar? Tempo em Portugal

As temperaturas acolhedoras típicas do verão sentem-se primaveris e parece que seremos brindados com a passagem de nuvens espessas e cinzentas... O que nos reserva a atmosfera para o fim de semana? Espreite aqui a previsão do tempo!

Alfredo Graça Alfredo Graça 29 Jun. 2018 - 12:12 UTC
Prevê-se chuva, aguaceiros e trovoada este fim de semana em Portugal.

De acordo com os modelos de previsão, a instabilidade atmosférica veio para ficar ao longo das próximas 72 horas. Entre aguaceiros e trovoada, precipitação e uma nebulosidade invulgar para a estação do ano que vivemos, as temperaturas altas e o sol abrasador, típico do verão não passa, para já, de uma miragem.

Mas anime-se, o sol vai estar presente por vezes, sobretudo quanto mais para Sul e para o interior de Portugal Continental estiver!

Chuva regressa ao continente

Em Portugal Continental, prevê-se o retorno da chuva para o fim de semana. Uma névoa espessa deambulará durante o fim-de-semana ao longo da extensão continental portuguesa incidindo sobretudo sobre as Regiões Norte e Centro. É provável que nas próximas duas manhãs, haja nevoeiro logo pela manhã.

Na Região Norte, apesar da chuva prevista, esta deverá cair num regime fraco e os acumulados de precipitação ao final do dia nunca serão muito significativos.Aguaceiros deverão existir, em especial amanhã... O sol deverá aparecer pelo meio da névoa, embora tímido e não tão caloroso e soalheiro como seria de esperar para os primeiros dias de verão.

No Porto, a chuva fraca alternará com períodos nublados, com o sol a surgir sorridente por vezes e para Lisboa está prevista alguma chuva no fim-de-semana, com a exceção do dia de amanhã em que o céu vai estar parcialmente nublado. Como sempre, no Sul a influência da pluviosidade não será tão vincada e a precipitação abundante nas outras regiões, será sentida apenas sob a forma de chuviscos em distritos como o de Beja e o de Faro.

Mapa de previsão da chuva às 18h de 30 de junho em Portugal Continental.

Para além do desencadear de precipitação, vão desenvolver-se condições favoráveis à ocorrência de trovoada, que em sítios de maior altitude serão prováveis de se sentir e observar. Prevê-se já ao longo do dia de hoje alguma trovoada em alguns dos distritos no Norte do país (Vila Real e Bragança) sendo que amanhã (30) esta influência atmosférica se alastra a mais territórios.

Os ventos são do quadrante oeste e soprarão fraco ao longo de hoje e amanhã na grande maioria da extensão continental. Poderão às vezes ser de sudoeste e em geral vão variar entre entre os 20 km/h e os 30 km/h, chegando por vezes aos 40 km/h.

Os Arquipélagos

Em territórios insulares, a precipitação não constituirá grande problema mas o céu estará quase sempre nublado. Em Ponta Delgada, Açores o céu estará praticamente o tempo todo coberto de nuvens mas a chuva raramente se fará sentir. No Funchal, Madeira, deverá sentir-se praticamente o mesmo que na capital homóloga.

Sugerimos que caso decida viajar durante o fim-de-semana, nunca se esqueça de levar o guarda-chuva, ele será sempre útil para passeios ao ar livre ou junto à beira-mar.

Publicidade