tempo.pt

Sismos e Tsunamis: estará Portugal preparado?

Só no mês de agosto foram registados 8 sismos, o último tremor de terra atingiu os 4.6 na escala de Ritcher. Segundo os registos do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) não houve registo de danos pessoais ou materiais.

O impacto devastador de um tsunami.

Os 8 sismos registados este ano em agosto, registados pelo IPMA, foram de baixa intensidade, ainda assim o último tremor de terra cujo epicentro se localizou a cerca de 130 km a Oeste do Cabo Mondego, no oceano, a 28 quilómetros de profundidade, foi sentido ao longo de toda a costa desde Viana do Castelo a Leiria.Segundo o especialista Fernando Carrilho geofísico do IPMA, é pouco provável que o número de sismos esteja a aumentar.

Segundo o European-Mediterranean Sismological Centre (EMSC), o sismo foi sentido às 7h12 e teve epicentro no oceano, a 139 quilómetros a noroeste de Peniche. De acordo com o mesmo instituto (EMSC), uma réplica de 3.1 ocorreu às 7h29, com epicentro na mesma região. O norte do país é considerado pelos especialistas como uma zona de baixa perigosidade sísmica. As zonas de maior perigo sísmico são as zonas do Algarve e Lisboa e vale inferior do Tejo, onde o risco é mais elevado.

E tsunamis? Será que podemos estar descansados?

Tempestades, tsunamis e terramotos são fenómenos frequentes.

Segundo muitos especialistas, não podemos! Portugal pode sofrer a qualquer momento um terramoto e um tsunami semelhante aos que ocorreram em Itália e no Japão e por isso o alerta voltou a surgir como um sério aviso no norte e centro de Portugal continental, uma vez que há aumento da actividade sísmica nos Açores e em Sines.

Segundo declarações da Sociedade Portuguesa de Engenharia Sísmica, nem os hospitais estão preparados para um sismo de elevada magnitude. Em 1755, Portugal sofreu um terramoto de magnitude 8.5 a 9, semelhante por exemplo ao ocorrido no Japão. De acordo com dados científicos um tremor de igual magnitude vai repetir-se a qualquer momento.

No passado mês de maio, foi inaugurado um sistema de deteção e alerta de tsunamis em Lisboa e em Cascais e que poderá ser alargado a outras localidades da área metropolitana de Lisboa. O novo sistema vai permitir, em caso de tsunami, alertar as populações que serão avisadas através de um sistema sonoro de alarme.

O Planeta Terra é constituído por três camadas: o núcleo (a camada mais interna) o manto e a crosta terrestre, dividida em placas tectónicas que se movem sempre que há movimentos no manto. Dependendo da intensidade, o seu movimento pode ser sentido à superfície terrestre.