StoreWindows10

Atenção: IPMA coloca sete distritos sob aviso laranja

IPMA coloca 7 distritos em aviso laranja por causa da forte agitação marítima. A Autoridade Marítima Nacional e a Marinha avisam em comunicado que as ondas poderão atingir os 7 metros de altura.

Alfredo Graça Alfredo Graça 16 Jan. 2018 - 12:55 UTC
Forte rebentação na costa Ocidental e Ilha da Madeira.

Está previsto mar agitado e ondulação forte entre hoje e a madrugada de sábado. Durante a tarde de hoje, o mar voltará a ficar perigoso, alertam em comunicado a Marinha e a Autoridade Marítima Nacional. Contudo, será durante amanhã e quinta-feira que a ondulação marítima de noroeste estará mais forte. A rebentação junto à costa ocidental de Portugal Continental atingirá alturas relativamente elevadas e bastante perigosas, podendo atingir os 7 metros de altura em alto-mar.

Neste sentido, a Autoridade Marítima Nacional e a Marinha reforçam a recomendação, sobretudo à comunidade piscatória e da náutica de recreio que habitualmente navega pelo mar, de um adotar de medidas protecionistas bem como um regresso o mais breve possível para o porto de abrigo mais próximo. É extremamente recomendável que estejam a par das informações das capitanias dos portos relativamente à acessibilidade aos portos e que evitem incursões pelo mar até que as condições melhorem.

À população em geral que habitualmente frequente as áreas costeiras ao longo de toda a faixa litoral oeste do Continente, sugere-se veementemente que abdiquem não só de passeios junto à costa e nas praias, como também de atividades recreativas e lúdicas em áreas de risco, expostas à agitação marítima e que estejam em risco de erosão, como falésias, arribas ou penhascos. Ainda assim, para aqueles indivíduos que para estas áreas eventualmente se desloquem em caso de urgente necessidade, aconselha-se a adoção de uma postura prudente que salvaguarde a sua integridade. Para que não se exponham desnecessariamente ao risco, a população deve realmente manter uma atitude vigilante, já que devido à sua imprevisibilidade o mar pode atingir áreas da orla costeira, aparentemente seguras.

A Autoridade Marítima Nacional e a Marinha fazem questão de reforçar: "Um conselho muito em particular aos pescadores lúdicos de pesca à cana para que assumam extrema cautela, evitando pescar junto às falésias e zonas de arriba nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas, tendo sempre presente que o mar nestas situações extremas alcança muitas vezes zonas aparentemente seguras".

Aliás, por conta deste mar tão agitado, já foram encerradas três barras marítimas - Caminha, Vila Praia de Âncora e Esposende - e condicionado o funcionamento de outras três – Póvoa de Varzim, Vila do Conde e S. Martinho do Porto. Consulte aqui para se manter a par do estado das barras marítimas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitiu aviso laranja para sete distritos (Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa) durante esta quarta e quinta-feira pois está prevista uma forte agitação do mar. As ondas de noroeste terão alturas de 4 a 5 metros, poderão chegar aos 7 metros e por vezes ter alturas máximas entre os 9 e os 11 metros. Entre as 12h de quarta-feira e as 12h de quinta-feira esteja atento à ondulação se for caso de se deslocar para áreas próximas ao mar. Para além destes territórios continentais, também a nível insular o alerta se aplica – para toda a Ilha da Madeira, em especial na Costa Norte e em Porto Santo - já a partir de hoje. 

Publicidade